sexta-feira, 12 de agosto de 2016

Será que estamos vendo nosso problema como ele é?

                                                                                

 O que vemos refletido nem

 sempre é a verdade.


Ontem na minha cidade tivemos uma linda tarde de inverno, atípica diga-se de passagem, pois aqui o tempo é quase sempre nublado e frio, porém ontem, estava uma tarde com um céu azul sem nuvens e um sol radiante, lindo de se ver! 

Eu estava voltando pra casa depois de um dia cansativo e me sentei num banco atrás da primeira porta do ônibus. Quando numa das paradas a porta se abriu e me vi refletida no vidro, já que o sol estava batendo do meu lado o vidro da porta acabou se tornando meu espelho. No começo me vi mas não prestei muito a atenção, mas quando me vi uma segunda vez percebi meu rosto muito mais comprido do que o normal estava como nos espelhos daqueles parques de diversões dos filmes. 

Fiquei pensando por um momento naquela imagem e uma comparação esdruxula veio a minha mente. Como as vezes vivemos algumas situações em nossas vidas e as vemos muito diferente do que elas realmente são por fazermos parte da trama.

Quando estamos passando por algum problema em nossas vidas vemos as coisas como se estivéssemos dentro de um copo d'água, mesmo que a água esteja limpa vamos ver algumas coisas distorcidas com tamanhos e formas diferentes do que realmente são e nesse momento é necessário que possamos ouvir alguém de fora do problema e prestar atenção em como ela vê a mesma situação.

Pedir conselhos e os ouvir, muitas vezes ajuda mais do que perder horas de sono pensando em como resolver.

Tudo a seu tempo, a hora de pensar, hora de ouvir e hora de agir. Então, que tal hoje ouvirmos alguém que possa ajudar de alguma forma a resolver o problema, seja ele qual for! As vezes só de falar com alguém diferente já ajuda a encontrar um meio ou quem sabe até uma solução.

Joceli Oliveira   







sexta-feira, 11 de dezembro de 2015

Você pode falar o que quiser para uma outra pessoa?

Falando abobrinhas


Você é do tipo que fala sem pensar e depois se arrepende? Você fala tudo o que quer e depois ouve o que não quer?

Meu amigo você não está sozinho, não sei em estatística mas o que vejo de gente fazendo isso não é brincadeira.

Sem ir muito longe é só reparar nos jornais pessoas que falam sem pensar sobre a cor da pele do outro, sua religião (coisa que vira até guerra) diga-se de passagem, passando pelo tão famigerado time de futebol, a posição social, o sotaque e até sua forma física entra na dança.

E eu só tenho uma certeza comigo. Você pode falar o que quiser para uma outra pessoa, desde que seja da forma certa, com as palavras certas e principalmente no momento certo.

Lembra da sua infância quando seus pais chamavam sua atenção na frente de outras crianças? Isso aconteceu com você? Ou a professora na escola quando falava alguma coisa que você se sentia diminuir na cadeira? As brincadeiras toscas dos "amigos", e tem ainda o terrível feedback do chefe que muitas vezes sem noção ou preparo faz isso na frente dos colegas de trabalho de forma indiscreta e com palavras rudes.

São coisas que quem fala muitas vezes esquece, porém quem ouve além de não esquecer fica remoendo por muito tempo e isso faz um mal!

Se você já passou por uma situação dessas sabe bem do que estou falando e sabe o quanto isso dói. Eu sinceramente acho que todos na vida já sentiram na pele em algum momento algo dessa natureza.

Isso hoje tem um nome difícil mas que estamos acostumados a escutar quase todos os dias, é o danado do bullying, palavra em inglês que significa valentão, brigão. Em português é uma ameaça, tirania, humilhação e por ai vai.

Meu convite de hoje é. Fale o que quiser com as outras pessoas sim, mas tome cuidado com suas palavras, pois elas ferem machucam mesmo, no mais intimo do ser. Se coloque no lugar do outro, tenham empatia, respeito e se for falar pense antes, será mesmo que falar assim é realmente necessário? E se não tiver certeza se cale o seu direito de falar termina exatamente onde o direito de não ouvir do outro começa e a palavra respeito é fundamental.

Meu queridos desejo que vocês tenham hoje o melhor dia de suas vidas! Um grande beijo.


quarta-feira, 9 de dezembro de 2015

Que mundo estranho é esse nosso, onde a tecnologia nos aproxima e nós propositalmente no afastamos.

Seu dia só depende de você

Sabe nesses dias que todos temos muita presa, principalmente agora perto do Natal. É um habito fazer as coisas no automático, rápido e sem prestarmos atenção os dias passam, passam-se as semanas e nós nem percebemos e fica comum um belo dia nos olhamos no espelho e percebemos marcas que antes não estavam lá.

Vou te fazer um convite hoje. Faça tudo o que tem para fazer sim, mas de uma maneira diferente, olhe e veja, repare nos detalhes, nas formas, nas cores, na escrita, na mesma paisagem que costuma ver todos os dias mas que nem percebe mais. Veja as casas, as árvores e principalmente as pessoas. Ah! As pessoas sempre tão ocupadas, passam umas pelas outras nas ruas e é mais fácil baixar a cabeça do que dar um sorriso e dizer bom dia! Que mundo estranho é esse nosso, onde a tecnologia nos aproxima e nós propositalmente no afastamos.

Um famoso escritor brasileiro fez em um de seus livros seu personagem principal andar em círculos e fazer o mesmo percurso várias vezes sem se dar conta, até que ao perceber reclamou com seu guia de caminhada ao que respondeu para parar de pensar na chegada e perceber os detalhes do caminho, esquecer as horas e andar mais devagar, e foi difícil no começo mas quando o personagem aprendeu a verdadeiramente enxergar as coisas ja havia chegado ao seu destino.

Então, só por hoje faça uma experiência e preste atenção aos detalhes do seu lindo dia, repare nas pequenas coisas e te garanto, seu dia vai ser diferente e feliz.

Tenham todos um ótimo dia, 

terça-feira, 8 de dezembro de 2015

Quando você se quebra, quando algo quebra dentro e você, e você pensa

Nossos caquinhos


Sabe aquela frase: Estou aos pedaços!

Pois bem, tenho pensado nela esses dias e percebi o quanto ela é boa. Sim, é boa! Quando você se quebra, quando algo quebra dentro e você, e você pensa... Nada mais será como antes pois algumas coisas são como o cristal, podem até ser coladas mas jamais serão novamente o que um dia foram.

Como algumas pessoas podem achar isso ruim!? Quando as coisas mudam, quando se quebram, quando pensamos que tudo acabou e olhamos só nossos cacos jogados ao chão é o nosso momento perfeito. 

Juntemos então nossos pedaços, nossos cacos e vejamos que a cada acontecimento eles foram ficando com uma cor diferente, e então... Podemos começar a unir todos de uma forma diferente e criar um lindo mosaico, ou um belo vitral, já pensou nisso? Podemos transformar cada belo pedaço em pura obra de arte do destino e ver o quanto isso nos transformou em algo muito melhor que jamais seria possível se não tivesse sido quebrado. Hoje somos mais fortes, resistentes, mais versáteis e sabemos como ninguém o que queremos e como fazer para tornar-nos pessoas melhores graças as nossas experiências vividas. 

Sejamos felizes hoje que é melhor do que para sempre, e amanhã? Bem, cada dia tem sua própria forma de ser e é diferente um do outro e por mais que planejemos ele nunca sai exatamente como em nossas expectativas. Então vivamos cada dia como se fosse único, um presente enviado por um Deus amoroso para nosso proveito e deleite e divirtamos-nos com suas novas cores criemos e recriemos nosso mosaico de vida e lembremos sempre a vida é como quisermos pinta-la então usemos cores alegres e claras porque de escuro já bastam os dias de chuva.

Um grande beijo!

segunda-feira, 30 de novembro de 2015

E Você quer ser útil ou querido?

Querido ou Útil??!!



Ser querido é café quente com bolo. Ser útil é pílula de suplemento.
Ser querido é dia de sol com ventinho leve. Ser útil é protetor solar e repelente.
Ser querido é abraço apertado. Ser útil é capa de chuva.
Ser querido é ser aguardado, ter a presença desejada, ser incluído nos sonhos, nos planos, na vida.
Ser útil é ser indispensável pelas qualidades e especialidades.
Ser querido é ser amado apesar dos odiosos e repugnantes defeitos, ser compreendido, reconfortado, protegido, repreendido, o que for preciso.
Ser útil é ser dispensável quando a utilidade findar…
Todo mundo é querido de alguém, todo mundo é útil para alguém, os ambos, ou nenhum. Perceber a diferença é essencial para saber que papel figuramos nas vidas que tocamos ou que nos tocam.
Para alguns, preciso ser apenas útil. E quero o pagamento e a recompensa por isso.
Para outros, quero ser querida, como os quero bem também.
O que não quero, é ser útil para me sentir querida. Não quero me tornar indispensável para ter a ilusão de que sou muito querida. Ser querido é bem diferente de ser útil.
Jamais me conformarei em ser uma panela aderente com excelentes qualidades e diferenciais! A panela é útil!
Eu? Eu quero ser motivo de doces lembranças, afeto, saudades e grandes planos para a vida!


thesecret

E a você meu querido amigo Psicanalista Marcelo Coelho meu muito obrigada pelos textos, artigos e sua atenção .

Um Grande Beijo!